Sensuum

O Impacto da formação
“Prevenção e Controlo de Covid-19 para Entidades Sociais”

A Sensuum et al, realizou o Estudo do Impacto da formação “Prevenção e Controlo de Covid-19 para Entidades Sociais” executada no final do ano 2020, durante dois meses em parceria com a UDIPSS – Porto.

Com a situação pandémica a que se assiste, era e é fundamental as organizações sociais estarem aptas ao desenvolvimento da sua atividade com segurança e, para tal, é imprescindível a sensibilização e capacitação dos colaboradores e voluntários das mesmas.

Esta formação, teve como objetivo principal capacitar todos os colaboradores e voluntários das Instituições da área social, a serem capazes de atuar na prevenção e/ou em caso de surto do vírus SARS-CoV-2, garantindo a segurança de todos os envolvidos no funcionamento diário.

Cada ação de formação, teve duração de 20horas, distribuídas por carga laboral e pós-laboral, dividida por vários módulos, onde se abordou  aprofundadamente o tema da doença COVID-19, desde as formas de transmissão do vírus, os planos de  contingência obrigatórios nas instituições, a prevenção do risco de contaminação, os cuidados a ter nas rotinas com os residentes/utentes/clientes, o modo de atuação em caso suspeito de infeção vírus SARS-CoV-2 e a higienização e desinfeção dos espaços e equipamentos. 

No âmbito deste estudo, a Sensuum criou um questionário online para que os  formandos, colaboradores e voluntários das Instituições Sociais do distrito do Porto, que realizaram a formação, pudessem responder.

O instrumento de avaliação de impacto, foi constituído por três secções, onde na primeira se recolheu a informação sociodemográfica e caracterização genérica, na segunda secção a avaliação da formação e o impacto da mesma e, na última e não a  menos importante, recolheu-se a informação do impacto após o término da formação COVID-19. O tipo de questões elaboradoras foram fechadas e de resposta curta. 

Tema Atividade Público-alvo Mudança Indicador Uni. de Medida Fonte
Covid-19
Formação
Colaboradores e Voluntários
Capacitação
Nível de conhecimento sobre Covid-19
%
SS

Quadro 1 – Resume IS formação

Abaixo abordaremos os resultados das questões mais importante para o Estudo do Impacto da Formação, que teve e tem nas rotinas destas instituições e na vida pessoal dos formandos, isto é, de todos os colaboradores, desde dirigentes, administradores, diretores de serviços, até ajudantes de ação direta, auxiliares, etc e dos voluntários. 

É importante que toda a equipa que trabalhe diariamente dentro de uma instituição, tenha  informação sobre o novo vírus, para conseguir bons resultados tanto na prevenção, assim como na atuação caso surgisse ou surge um surto. 

A Formação: Prevenção e Controlo De COVID-19 para as Entidades Sociais

Público-alvo

O público-alvo é constituído 493 formandos, de idades compreendidas entre os 22 e os 65 anos, resultando numa média de idade de 43 anos. Relativamente às habilitações, a maioria possui licenciatura e o 12º ano, os restantes entre o mestrado e 9º ano e, um número muito reduzido entre o 6º e 4º ano. Os formandos estão profissionalmente distribuídos por 47 Instituição de Solidariedade Social do Distrito do Porto. Relativamente ao género do grupo, a maioria é do sexo feminino, conforme a representação do gráfico abaixo. 

Gráfico nº1 – Género Público-Alvo

Estes formandos estão distribuídos por 47 Instituição de Solidariedade Social, conforme já acima mencionado e, que se encontram distribuídas por vários municípios do distrito do Porto, mais concretamente por 14 municípios. A distribuição é mais acentuada nos municípios de Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Paços de Ferreira e Valongo. Menos acentuado e com apenas uma instituição no município, temos Amarante, Felgueiras, Marco de Canaveses e Vila do Conde, conforme se pode analisar no gráfico nº 2. 

Gráfico nº 2 – Distribuição das Instituições pelos Municípios

Este projeto contemplou a realização de 36 ações de formação, em que cada uma teve a duração de 20 horas, perfazendo no total de 720 horas de formação, com um volume de 12.325 horas, em dois meses. A operacionalização das sessões dividiu-se em conjuntos de 3h e 4h de formação, em horário laboral e pós-laboral, distribuídas pelos períodos  da manhã, tarde e noite. Relativamente à modalidade da formação, recorreu-se a Presencial e E-Learning LIVE, sendo diferença pouco significativa entre a carga horária das duas modalidades: mais duas ações em E-Learning LIVE, do que em Presencial, conforme a representação do gráfico n.º 3.

Gráfico nº3 – Modalidade da Ação de Formação

O Impacto da Formação

Caracterização da Amostra

A amostra deste estudo foi constituída de forma aleatória, uma amostra representativa, tendo sido realizado um questionário e, enviado por email, deixando à consideração e liberdade de cada formando responder ou não, sendo as respostas totalmente anónimas. 

A metodologia utilizada, é uma metodologia mista, quantitativa e qualitativa. Como são duas abordagens com características antagônicas, elas se combinam se complementar na apresentação de resultados. 

Abaixo iremos abordar as questões e respostas de maior Impacto da Formação. 

Questionamos os formandos/as a acerca da Avaliação da Formação, de uma forma geral, a maioria classificou como sendo Excelente e Bom. Não obtivemos nenhuma resposta de classificação médio ou péssimo.

Gráfico nº4 – Avaliação da Formação

Relativamente à qualidade dos conteúdos abordados dentro do tema, Vírus SARS-CoV-2, COVID-19, a maioria classificou como Bons, com uma percentagem de 92,9%, e os restantes como Médio. Não obtendo respostas como razoáveis ou péssimos.

Gráfico nº5 – Qualidade dos conteúdos

Sobre a informação obtida nas secções do tema do Vírus SARS-CoV-2, COVID-19, ter sido aplicada no dia-a-dia da Instituição, de forma preventiva face ao risco de contaminação, todos responderam que Sim.

Gráfico nº6 – A informação aplicada no dia-a-dia

Quando questionados acerca das rotinas diárias junto dos residentes/utentes/clientes, se a atuação é feita com Mais Segurança, a maioria respondeu que Sim, numa percentagem de 96,4%. 

Gráfico nº7 – A segurança da atuação junto dos Utente

Questionamos também, acerca da aplicação do conhecimento que obtiveram na formação, no seu dia-a-dia fora da instituição, em casa, e junto da família. Todos responderam que Sim

Gráfico nº8 – Aplicação do conhecimento no dia a dia pessoal

Quanto à questão acerca do  conhecimento do Plano de Contingência da sua Instituição, a maioria respondeu que Sim

Gráfico nº9 – Conhecimento do Plano de Contingência

Relativamente ao surgimento de casos de COVID-19 na Instituição após a formação, metade respondeu que Sim, que surgiram, e a outra metade respondeu que Não.

Gráfico nº10 – Surgimento de casos de COVID-19

No que diz respeito à origem do surto, a maioria respondeu que foi através de Colaborador/a da Instituição, e depois com a mesma percentagem através de um Familiar ou Não sabem.

Gráfico nº11 – A origem do surto

Quanto ao modo de procedimento, logo após o surgimento do surto, todos responderam que procederam de acordo com o que aprenderam na formação. Não houve respostas de que tiveram dificuldades em se lembrar do modo de proceder.

Gráfico nº12 – Modo de procedimento, após o surgimento do surto

Do surto, 92,3% responderam que não ficaram afetados e 7,7% que sim.

Gráfico nº13 – Afetação do surto

Dos afetados, todos responderam que não transmitiram para os seus familiares.

Gráfico nº14 – Afetação aos seus familiares

Por último, se já tinham sidos/as vacinados/as, a maioria na altura do questionário (final de março e início de abril) respondeu que Não, ainda não tinham sidos vacinados.

Gráfico nº15 – Vacinação

De um modo geral, os conhecimentos lecionados e adquiridos ao longo dos dois meses de formação permitiram adaptar os formandos ao contexto atual de pandemia, oferecendo-lhes ferramentas e mecanismos de superação das dificuldades impostas pela covid-19 no local de trabalho.

Assim, torna-se imperativo, para a Sensuum continuar o seu caminho Capacitação tanto dos seus profissionais como das próprias Organizações. 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Scroll to Top

Newsletter

Receba informação atualizada sobre a Sensuum e os apoios em curso.

*Caso já se tenha subscrito à nossa Newsletter, não irá aparecer o Formulário.
Obrigado pela preferência!*